Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
  • 969 903 665

Fobias

Uma Fobia é um medo persistente de um objeto ou situação. As pessoas que têm uma fobia vão tentar evitar a todo o custo os objetos que desencadeiam o medo, mesmo que não representem um perigo real. O medo irracional é crucial na resposta perante o objeto fobico podendo levar a pessoa a ficar paralisada ou fazer com que queira fugir. Se o objeto que desencadeia a fobia não puder ser evitado, a pessoa vai persistir na situação com intenso sofrimento tendo um impacto marcante nas suas atividades diárias. Para que possa ser diagnosticada com uma fobia, é necessário já ter tido contacto com o objeto ou situação que provoca o medo. Por exemplo, não se pode ser diagnosticado com uma fobia de cobras, se nunca esteve em contato com cobras.

As fobias podem ser simples ou complexas. A fobia simples é algo que todos nós já ouvimos falar como um medo de cães, aranhas, ratos, cobras ou mesmo de dentistas. Nas reações fóbicas podem estar presentes diferentes níveis de ansiedade e em certos casos, pode ocorrer um intenso ataque de pânico. As fobias complexas tendem a ser um medo profundo de uma situação particular. Elas incluem agorafobia e fobia social. Agorafobia é uma ansiedade intensa em relação a espaços abertos ou públicos. Pode ser extremamente debilitante deixando a pessoa incapaz de sair de casa.

As fobias são o tipo mais comum de perturbação de ansiedade. Elas podem afetar qualquer pessoa, independentemente da idade, sexo ou cultura. As Fobias simples aparecem mais cedo na vida e podem ser superadas espontaneamente. A maioria das fobias complexas começa mais tarde na vida e podem ser mais incapacitantes e duradouras.

Se gostaria de falar sobre Fobias, pode sempre ter um esclarecimento inicial através do 969 903 665 ou enviar um e-mail para [email protected]. É gratuito e terá a oportunidade de colocar as suas questões e perceber se a Psicoterapia é indicada para si.

 Sintomas Fobias

Medo pronunciado e persistente, que é excessivo ou irracional, surgindo na presença ou antecipação de um objecto ou situações específicas (viajar de avião, animais, elevadores, alturas, sangue)

A exposição ao estímulo fobico provoca de imediato uma resposta de ansiedade que pode assumir a forma de um ataque de pânico específico à situação

A pessoa reconhece que o medo é excessivo ou ilógico

A situação fóbica é evitada ou é suportada com um desconforto e ansiedade intensos

O evitamento, ansiedade antecipatória ou desconforto da situação temida interfere significativamente com a rotina normal da pessoa, com o seu desempenho profissional ou escolar, com as suas relações interpessoais

Temas Relacionados: